Estômago english
  • apresentação
  • sinopse
  • roteiro
  • dialogos
  • direção
  • produção
  • equipe
  • elenco

DIÁLOGO 13


BUJIÙ: Ó Alecrim, porque essa frescura toda aí meu irmão, porque que tu trás uma coisa de cada vez, meu irmão? Porque você não trás tudo de uma vez e senta aí pra comê, porra?
NONATO: Não é não, Bujiù é que não é prá mistura tudo no mesmo prato, né. Tem que senti os gosto, tem que ser uma coisa de cada vez, que senti os tempero tudo, né?
LINO: Pra quê? Vai misturar tudo na barriga mesmo. No bucho, fica tudo junto.
NONATO: É, mas você não come merda só porque a comida vai virá merda no bucho, né Lino? Minha gente, alguém come merda aqui, não né?
LAMBARI: Eu, nunca comi merda. Mas já fiz um desinfeliz comer.
SUELY: Ai gente, que nojo! Eu tô comendo.
ETECETERA: Peraí, cara! Peraí. E ele disse se era bom, que gosto que tem?
LAMBARI: Ói, ele não disse se ¬é bão, mas deixô ele com um bafo desgraçado.